Legislação Trabalhista e Previdenciária de SST – Quais são as diferenças?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Com toda certeza você já ouviu falar na CLT, a famosa Legislação Trabalhista, certo? Mas existe uma outra legislação que, talvez, você não conheça, a Legislação Previdenciária de SST (Saúde e Segurança no Trabalho). Acredite, conhecer essas duas normativas proporcionará a você, empreendedor, manter um ambiente de trabalho mais seguro aos seus colaboradores e, ainda, evitar custos excessivos e desnecessários, tais quais às multas.

Sendo assim, é necessário entender cada um dos aspectos que incidem às duas legislações, bem como às suas diferenças. 

Muito embora o foco principal de ambas às legislações seja o mesmo – proteger o colaborador no ambiente de trabalho – assim como suas especificidades, diversos empreendedores acabam mantendo dúvidas sobre o assunto, visto que no âmbito jurídico diversas ações diferem do que é explícito nas normativas, bem como mantêm as mesmas dúvidas no momento de preencher o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP).

Então, para que você, empregador, consiga sanar todas as questões que te assolam em relação às diferenças entre a Legislação Trabalhista e Previdenciária de SST, disponibilizamos algumas informações que podem ser de grande ajuda! 

Antes de entender as diferenças, vamos ver o papel de cada uma das legislações 

Como já fora dito, em suma, tanto a legislação trabalhista quanto a previdenciária de SST tem o mesmo intuito, o de proteger o colaborador no ambiente de trabalho em relação a riscos físicos ou que possam afetar diretamente sua saúde.

Contudo, é necessário frisar que, mesmo com tantas semelhanças, cada uma delas tem sua função primordial.

Legislação Trabalhista – O que é?

A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), foi criada no ano de 1943 através do Decreto-Lei nº 5.452 e sancionada pelo então presidente Getúlio Vargas; as normativas trabalhistas tratam quanto aos direitos e obrigações do trabalhador, assim como definem pontos específicos a serem cumpridos pelo empregador. 

A composição da Consolidação das Leis do Trabalho é pautada por oito capítulos que salvaguardam direitos de uma grande parcela dos grupos trabalhistas brasileiros.

Legislação Previdenciária de SST – O que é?  

Apesar de tratar sobre os direitos do trabalhador, a Legislação Previdenciária de SST – ou apenas Previdenciária de SST – trata sobre os direitos para com a proteção da saúde do trabalhador. 

Sendo assim, essa normativa regulamenta quanto aos agentes nocivos e as mais diversas condições de trabalho que podem acarretar no direito de aposentadoria especial. 

Além de envolver às questões relacionada à saúde, essa legislação também trata quanto aos documentos específicos que uma empresa tem a obrigação de emitir no ambiente de trabalho e para os colaboradores. 

E então, conseguiu entender o funcionamento das Legislações Trabalhista e Previdenciária de SST? 

Sendo assim, vamos às diferenças entre elas! 

As principais diferenças entre a Legislação Trabalhista e Previdenciária de SST

Ambas às legislações tratam quanto aos direitos do funcionário e às obrigações do empregador e isso é visível, certo? 

Contudo, mesmo apresentando particularidades e tendo funções muitos próximas, existem diferenças que as tornam únicas e passíveis de entendimento. Afinal, basta não conhecer uma delas para que sua empresa comece a ter problemas. 

Dimensões e Alcance 

Legislação Previdenciária de SST: regulamenta a aposentadoria especial, ou seja, todas as obrigações impostas por ela referem-se a esse benefício.

Legislação Trabalhista: traz regulamentações quanto ao período e jornada de trabalho e direitos gerais do trabalhador. 

Foco de ação

Legislação Previdenciária de SST:  relaciona-se apenas às obrigações quanto a documentação exigida para a concessão da aposentadoria especial, para que seja possível provar o direito do colaborador. 

Legislação Trabalhista: tem foco de ação voltado, principalmente, a melhoria da segurança no ambiente de trabalho e condições de trabalho para que sejam favoráveis à função.

Documentação 

Legislação Previdenciária de SST: destacam-se os documentos voltados às atividades realizadas pelos empregados, objetivando manter o controle sobre as funções que apresentem riscos diretos à saúde e exposição a agentes nocivos.

Legislação Trabalhista: exige documentação que relaciona o vínculo empregatício, como os relacionados à admissão e demissão de colaboradores. Contudo, não se restringe somente a isso, trata também daqueles relacionados a vistorias técnicas que comprovem a possibilidade de manter atividades trabalhistas em determinado ambiente. 

As informações foram úteis? Que se manter atualizado sobre todas as questões trabalhistas? Assine nosso Newsletter!

Conte conosco caso precise de auxílio!  

Compartilhe nas redes!

Você, caro leitor, fique à vontade em utilizar nosso conteúdo em seu blog, site e redes sociais, para isso basta citar a fonte e o site (www.menezesbonato.adv.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *